Vendas do e-commerce na Black Friday 2020 crescem 31% e passam de R$ 5 bi

novembro 30, 2020 9:00 am Publicado por Deixe um comentário

As vendas da Black Friday de 2020 passaram de 5,1 bilhões – valor 31% maior do que o mesmo período do ano passado -, segundo levantamento da Neotrust/Compre&Confie. De acordo com o estudo, foram realizados 7,6 milhões de compras online na data, número 24,7% maior do que o registrado na Black Friday em 2019.

Os dados consideram todas das vendas de bens de consumo realizadas em todo o País nos dias 26 e 27 de novembro. “O volume de vendas na Black Friday em 2020 foi um marco para história do e-commerce brasileiro, tornando-se a data com maior volume de venda já registrado no País em todos os tempos. Em alguns períodos do dia, foram mais de 5 mil pedidos por minuto”, destaca André Dias, fundador da Neotrust/Compre&Confie.

Os brasileiros também fizeram pedidos de maior valor. Ainda segundo o levantamento, o tíquete médio neste ano foi de R$ 668,70, 5,1% maior do que o registrado no mesmo período do ano passado.

“Diferentemente das edições anteriores, as ações de antecipação das ofertas da Black Friday apresentaram resultados muito positivos em 2020. Desde o início da semana até quarta-feira, as vendas registraram variação superior a 100% em relação ao ano passado. Em contrapartida, a alta nas vendas durante o início da semana enfraqueceu os resultados durante a sexta-feira”, explica Dias.

As categorias que geraram maior volume de compras no período foram: Moda e Acessórios, Beleza, Perfumaria e Saúde, Artigos para Casa, Entretenimento e Eletrodomésticos e Ventilação. Considerando o faturamento, as classes de produtos que mais geraram receita foram: Telefonia, Eletrodomésticos e Ventilação, Informática e Câmeras, Entretenimento e Móveis, Construção e Decoração.

“Os principais estímulos para aumento das vendas da Black Friday 2020 podem ser atribuídos à entrada de novos consumidores online, à digitalização de lojas físicas e ao aumento do consumo de bens não duráveis. O consumidor comprou de tudo na data este ano, desde um novo smartphone até bebidas e produtos de beleza”, analisa o executivo.

Sabe quem comprou mais?

A Neotrust/Compre&Confie aponta que a maior parte das vendas esteve concentrada na região Sudeste (61,6%). Em seguida, estão: Nordeste (15,9%), Sul (14,5%), Centro-Oeste (6%) e, por último, o Norte (2%). Segmentando por gênero, as mulheres fizeram mais compras do que os homens: elas foram responsáveis por 55,7% dos pedidos realizados, enquanto eles somaram 44,3%.

Em relação à faixa etária, a idade média do consumidor na Black Friday 2020 é de 36 anos. A maior parte das compras online foi feita por brasileiros entre 26 e 35 anos (34,6%% do total de pedidos realizados). Os que têm entre 36 e 50 anos vêm em seguida (33,2%) e aqueles com até 25 anos ocupam o terceiro lugar (18,9%). Por último, estão os consumidores acima de 51 anos (13,2%).

Nos dois principais dias de vendas da data, segundo levantamento da ClearSale, o número de fraudes evitadas aumentou 68%, o que impediu mais de R$ 42.000.362 de prejuízo para o e-commerce.

Pesquisa: Mercado&Consumo

A Social Full Commerce em seu terceiro ano de operação agradece seus clientes e parceiros pela melhor Black Friday da nossa história em 2020.

Lembrando que a Social2Shop estará com preços promocionais até o dia 04 de novembro 2020 ou até que durarem os estoques!

Com frete grátis à partir de R$ 150,00 em compras.

Leia Também:

Porque você deve terceirizar a gestão da sua loja virtual?
Vender para o exterior – Cross Border

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *