Principais dicas de SEO para e-commerce – Sua Loja no Topo do Google

outubro 19, 2020 4:31 pm Publicado por Deixe um comentário

SEO é Search Engine Optimization, ou otimização para mecanismos de pesquisa, em português.

Não importa o tamanho da sua loja virtual, se você vende produtos só para um estado ou se vende para o Brasil todo. Uma coisa é certa, ela precisa de SEO e as estratégias listadas abaixo servem para qualquer tipo de e-commerce, grande, médio ou pequeno.

Dicas de SEO para e-commerce

Você já definiu o nicho que deseja atuar, já entende o seu público-alvo, já tem seus produtos ou serviços e criou o seu comércio eletrônico – ou está pensando em criá-lo -, mas, e agora? Como fazer com que seus potenciais clientes o encontre? 

Essa dúvida é muito comum entre empreendedores que acabaram de criar um e-commerce ou estão pensando em criar um e a solução para ela é a otimização de sites. 

Para te ajudar, aqui está uma lista com as algumas dicas de SEO para e-commerce que poderão ajudar o seu negócio a se destacar nos resultados de pesquisa.

1. Escolha as palavras-chave certas

A principal dica que temos para dar sobre SEO para e-commerce é a definição correta de palavras-chave. Isso porque não adiantará nada você investir outros esforços de otimização se não estiver trabalhando as palavras certas.

As palavras-chave precisam estar relacionadas ao seu negócio, portanto, é necessário que elas sejam exatas para garantir que suas páginas estejam direcionando adequadamente seus potenciais clientes. 

Ao fazer pesquisas de palavras-chave para o seu site, você verá que existe uma grande variedade de palavras diferentes que podem levar os usuários para o seu site. Alguns consumidores estão procurando por uma informação específica, e outros ainda nem sabem direito o que querem. 

Por esse motivo é muito importante que você procure palavras-chave que estejam diretamente relacionadas aos seus produtos ou serviços. Você pode utilizar ferramentas para te ajudar com as pesquisas, como o Google Keyword Planner e o SEMRush, por exemplo. 

2. Escreva descritivos de produtos otimizados para SEO

Com as palavras-chave definidas, você poderá seguir adiante com outras técnicas de SEO para e-commerce. Seus produtos ou serviços precisam ter descritivos de qualidade, afinal, o consumidor precisa saber todas as informações necessárias. 

Mas, além disso, os descritivos precisam ser otimizados para SEO para que a página seja bem posicionada nos resultados de pesquisa. 

Jamais copie e cole descritivos de outros comércios eletrônicos, já que o Google penaliza sites com conteúdo copiados/duplicados. Seu conteúdo deve ser exclusivo, relevante e otimizado – como utilizar a palavra-chave de forma moderada, por exemplo.

Pense em informações que seus potenciais clientes gostariam de saber sobre o produto ou serviço, como: Para que serve? Qual sua indicação? Quais os materiais utilizados? Entre outras questões.

3. Não negligencie a otimização da página de categoria

Você provavelmente usará muito do seu tempo para aplicar SEO para e-commerce nas suas páginas de produtos. Afinal, esses são os URLs que geram muito dinheiro, correto? 

Porém, ao otimizar as páginas de categoria, você pode segmentar palavras-chave mais amplas. Você também pode:

  • Ter volumes maiores: é comum que pessoas que ainda estão em sua jornada não tenha certeza do que querem e você pode ver os números do tráfego elevado para os usuários que procuram algo um pouco vago – por exemplo, “a melhor bicicleta para transporte” – em vez de um item ou modelo específico de produto.
  • Menos problemas de 404: ao obter uma classificação mais alta das páginas de categorias, você evita de certa forma o problema de direcionar grandes quantidades de tráfego para uma página que está fora do ar ou não está mais disponível. É um grupo de produtos dinâmico e em constante mudança que pode ser personalizado para uma melhor experiência. Erro 404 é a mensagem que aparece quando o visitante tenta acessar uma página que não existe, que está com a URL errada ou que foi removida do site. Se trata de uma mensagem automática enviada pelo servidor em que o site está hospedado, avisando que aquela página não foi encontrada. Error 404 Not Found.
  • Palavras-chave de baixa concorrência: às vezes, as pessoas procuram frases muito específicas de nicho e categorias correspondentes exatamente a essas que podem criar ótimas experiências do usuários e ganhos rápidos nas classificações – por exemplo, “papel de parede rosa e dourado para quarto de adolescente”. 

Encontre maneiras de adicionar mais conteúdo nas páginas que normalmente não teriam muitas informações – como uma página de contato – porque todas as páginas devem ter pelo menos 25 palavras para maximizar o rastreamento e ranqueamento para pesquisas. 

4. Escreva pensando na intenção do consumidor

Uma ótima dica para melhorar a classificação de um e-commerce em mecanismos de pesquisa é otimizar o conteúdo – descrições de produtos ou serviços, páginas de destinos e estrutura de links internos – de acordo com a intenção dos consumidores. 

Isso quer dizer que o seu conteúdo deve refletir fortemente a intenção dos seus potenciais clientes – ou seja, fornecer uma solução para seu problema. Este tipo de otimização pode ser alcançado através de uma análise detalhada do site. 

Independentemente de quão bem estruturada e bonita for sua página inicial, quão atraente for seu blog e quão ativo você for nas redes sociais, as pessoas não comprarão seus produtos ou serviços sem uma página que os conquiste – página de produtos -, tendo o que é necessário para construir relacionamento com os usuários. 

Resumindo, de tags de títulos a tags de cabeçalho, é necessário que existam informações relevantes para que os visitantes do seu e-commerce entendam o que você está vendendo e o que tornar seus produtos ou serviços melhores que os da concorrência. 

Se as pessoas não têm certeza do que irão encontrar em suas páginas de e-commerce, você pode apostar que o Google não as colocará em uma posição tão alta nos resultados de pesquisa.

Conclusão sobre SEO para e-commerce 

Se você quer ver seu comércio eletrônico em uma boa posição nos resultados de pesquisa, é fundamental que as técnicas de SEO para e-commerce sejam aplicadas. 

O mercado online está cada vez mais competitivos, afinal, os consumidores estão na internet realizando pesquisas e compras e as empresas estão se adaptando. 

Por esse motivo, aproveite as nossas dicas e invista esforços para tornar o seu e-commerce o mais otimizado possível para SEO! 

Gostaria de Vender seu Produtos no Brasil ou além da Fronteira Brasileira? Entre em contato Hoje mesmo! www.socialfullcommerce.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *