O Vinho é uma bebida clássica, que acompanha muitos jantares a dois, encontros de amigos e até reuniões de trabalho

setembro 28, 2020 10:53 am Publicado por Deixe um comentário

A Social Full Commerce tem os melhores vinhos na loja on-line www.jevinos.com.br


vinho é uma bebida mundialmente apreciada. O aroma anuncia o sabor do vinho, que, quando em contato com as papilas gustativas, ativam nosso paladar e aguça-o. Antes de experimentá-lo, porém, devemos estar prontos para distinguir os variados tipos e saber com qual comida cada um combina, para ter harmonia entre os sabores.

O vinho é uma bebida natural. Por definição, ele é resultado da fermentação das uvas, que acontece quando as leveduras (fungos microscópicos), presentes nas cascas das uvas, penetram no fruto e transformam os açúcares da uva (glicose e frutose) em álcool etílico e gás carbônico:

Açúcar da uva + leveduras = Álcool etílico + Gás Carbônico (CO2) + Energia

Um vinho pode ser classificado de acordo com a classe, cor, teor de açúcar e tipos. 

Classe

Vinhos de mesa: variam entre finos, nobres, especiais, comuns, frisantes ou gaseificados, com graduação alcoólica de 10 a 13°

Vinhos leves: graduação alcoólica de 7 a 9,9°

Champagne: é um tipo espumante e com gradação alcoólica de 14 a 18°

Vinhos compostos: são preparados com adição de algum outro ingrediente, como produtos de origem animal, vegetal ou óleos, com graduação alcoólica de 15 a 18°

Vinhos licorosos: como o nome sugere, tem aspecto de licor, com graduação alcoólica de 15 a 18°

Cor

Vinho tinto: é o tipo de vinho mais comercializado no mundo. É elaborado a partir de variedades de uvas de coloração avermelhada ou roxa.

Vinho branco: elaborado a partir da fermentação de uvas brancas ou escuras, sem uso da casca.

Vinho rosé: pode ser uma combinação da preparação tinta com a preparação branca, mas também pode ser elaborado com uvas escuras que liberem pouca coloração no processo de fermentação.

Teor de açúcar

– Vinho seco (brut): a cada litro é adicionado até 5g de açúcar no preparo.

– Vinho demi-sec: a cada litro é adicionado entre 5 e 20g de açúcar no preparo.

– Vinho suave: a cada litro é adicionado mais de 20g de açúcar no preparo.

Tipos de uvas e de vinhos

Cabernet Sauvignon: é o tipo de uva mais utilizado na produção de vinhos no mundo todo. Os vinhos produzidos são, geralmente, de mesa, tintos e secos e equilibrados no amargor e no aroma. Harmoniza bem com queijos fortes e carnes vermelhas.

Malbec: tipo de vinho mais encorpado e amargo que o Cabernet. Par perfeito para o churrasco e um bom pedaço de picanha.

Merlot: é semelhante à Cabernet, porém proporciona um aroma mais frutado e sofisticado. Combina bem com massas, molhos encorpados e aves.

Tannat: possui coloração intensa e sabor característico. Esse vinho dá match com gorduras e pratos bastante encorpados e condimentados.

Pinot Noir: pode ser usada para elaborar vinhos de mesa ou espumantes, pois é suave e muito delicada. Adequado para queijos leves, carne de porco, salmão e frutos do mar.

Chardonnay: tipo de uva branca, considerada uma das mais nobres na elaboração de vinhos de mesa e espumantes. Também é usada na elaboração de champagnes. Pratos à base de aves, como galinha ou peru; e peixes ou frutos do mar formam uma ótima pedida para um vinho Chardonnay.

Uma curiosidade:

Girar a taça de vinho é frescura ?

Girar o vinho antes de degustá-lo é um hábito bem comum, porém não se trata apenas de um ritual, é parte importante, pois o giro libera os seus compostos aromáticos, e ao revestir as paredes da taça com o vinho aumenta a exposição com o ar, faz com que as partículas responsáveis pelo aroma do vinho se desprendem com maior facilidade. Este ato faz com que libere o perfume à medida em que o vinho interage com o oxigênio, seu paladar fica mais macio e agradável.

Agora que você já conhece as peculiaridades do vinho, que tal conhecer a JEVinos ?

Pesquisa: Sobre Vinho – Sobrevinho.net, Art Des Caves, Uov.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *